A Vergonha do Código Florestal: Amordaçaram Ricardo Boechat!

Hoje, ao dirigir para o trabalho, notei a ausência do querido Ricardo Boechat em seu programa habitual na Radio Bandeirantes. Eventos como estes são raros, para quem conhece o entusiasmo que o Boechat tem pelo radialismo com último bastião do  jornalismo ainda não amarronzado pelas pressões do lobby político.

Ainda assim continuei a ouvir o programa que falava, sobre o código florestal, recém aprovado na camara em Brasília, e a caminho do Senado. Nos dias que se seguiram à aprovação do texto, extremamente favorável à bancada ruralista e um desastre ambiental, do ponto de vista científico, Boechat havia se pronunciado veementemente contra o texto.

Chamou a minha atenção imediatamente que a reportagem apresentava exclusivamente, entrevistas com os deputados favoráveis ao código que se vangloriavam da vitória da ciência sobre o obscurantismo que se opunha à geração de riqueza para a sociedade brasileira. Uma mentira deslavada, uma vez que a comunidade científica (da qual faço parte) em peso foi contra o texto aprovado.  Enquanto ouvia, pensava, “o que o Boechat deve estar pensando?”, “porque esta entrevista está sendo divulgada, justamente no horário em que deveríamos estar ouvindo as análise do Boechat, que frequentemente discorre com veemência contra a corrupução endêmica na política Nacional?

Como se não fosse suficiente despejar todo aquele lixo jornalístico no meu ouvido, em seguida à matéria, entrou uma voz firme, autoritária, parabenizando a vitória do código florestal, e novamente taxando de obscurantistas, os que a ele se opuseram e ainda se opõem, pois o texto ainda terá de passar pelo senado, e pela caneta da Dilma. E a voz forte termina sua participação, no mínimo bizarra, com: “Esta é a opinião do grupo Bandeirantes de comunicação”. Que Nojo!

Viva o Jornalismo Participativo! Viva os Blogs! O jornalismo corporativo está morto para mim, só serve como exemplo de uma tentativa patética de controle ideológico da população por um governo corrupto.

Mais tarde, ao ouvir o Megale e o resto da equipe do Boechat tentar salvar o programa com reportagens sem maiores ramificações políticas, fomos informados que o Boechat, teve de ficar em casa de repouso hoje por estar sem voz… Se ele realmente está sem voz, deve ter sido por xingar de tudo que é nome os seu superiores na Rede Bandeirantes.

Não vamos deixar os Ruralistas levar essa às nossas custas! Se você tem um blog, twitter, ou apenas um gogó, e também está revoltado com tudo isso, discuta com seus amigos, escreva sobre isso, espalhe a palavra de que a Sociedade Brasileira não aceita o Código Florestal, e muito menos a anistia a todos os fazendeiros que cometeram crimes ambientais nas últimas décadas.

Anúncios
Published in: on maio 26, 2011 at 8:11 am  Deixe um comentário  

A Mente Humana ante o Conhecimento Infinito

De vez em quando tornamo-nos especialmente conscientes da nossa finitude. recente mente, ao ler  este artigo tive um destes momentos. Antes de continuar a ler este post vá até o site e o leia.

Interessante, não? bem, minha conclusão é de que meu filho está certo quando diz (ainda que não com estas palavras) que ler é um processo muito ineficiente de adquirir conhecimento.

Mas devemos ir ainda mais além, isto nos mostra o quão patética é a nossa tentativa de dar sentido ao conhecimento produzido por humanos (pois o resto do mundo natural também gera informação incessantemente) através da integração do mesmo dentro do nosso cérebro é completamente fútil. Precisamos de uma nova metodologia de interação com o conhecimento.

Naturalmente este problema dá conta apenas de “metade” do problema, pois ainda somos obrigados pela Capes a produzir novos textos que “ninguém terá tempo de ler”, o mais rapidamente possível… Será que não devíamos pensar um pouco mais antes de colocar a próxima palavra no papel?

Por fim, como professores e educadores, que conselhos devemos dar àqueles que vem  à nos em busca de treinamento na busca do santo graal da erudição? Minha tentação é dizer: ” faça um upgrade no seu cérebro, instale um HD e um co-processador de linguagem natural, por que a nossa massa cinzenta vem de fábrica sem conexão de banda larga…”

Naturalmente, a evolução biológica já deu a sua solução:
http://www.utexas.edu/news/2011/05/05/schizophrenia_discern/

Published in: on maio 14, 2011 at 6:41 pm  Deixe um comentário  
%d blogueiros gostam disto: